Carregando...
Você está em:  Home  >  Adventismo  >  Artigo

A Bíblia adulterada dos Adventistas

Por   /  24 de outubro de 2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

THE CLEAR WORD: A Bíblia adulterada dos Adventistas

“Esta não é uma nova tradução, mas uma paráfrase das Escrituras […] A amplificação e expansão de cada texto veio de léxicos, traduções, comentários, doutorado e numerosas outras ajudas […] a fim de melhorar a legibilidade das passagens mais difíceis, foi necessário empregar, às vezes, certa liberdade interpretativa.” – Jack J. Blanco, tradutor adventista

EXEMPLOS DE ADULTERAÇÃO

GÊNESIS 2.25 

Biblia João Ferreira de Almeida: E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.”

The Clear Word: “Adão e a Mulher que ele chamou de Eva não vestiam roupas naqueles dias, mas eles não se envergonhavam por isso pois eles eram inocentes e estavam cobertos com a luz da presença de Deus”

Ellen Gould White: “Esse casal, que não tinha pecados, não fazia uso de vestes artificiais; estavam revestidos de uma cobertura de luz e glória, tal como a usam os anjos. Enquanto viveram em obediência a Deus, esta veste de luz continuou a envolvê-los.” (Patriarcas e Profetas, p. 45)

 

GÊNESIS 6:4

Biblia João Ferreira de Almeida: “Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus…”

The Clear Word: “Naqueles dias, as pessoas eram gigantes, duas vezes maiores que as pessoas de hoje …”

Ellen Gould White: “Quando saiu das mãos de seu Criador, Adão era de elevada estatura e de bela simetria. Era mais de duas vezes mais alto do que os homens que agora vivem na Terra.” (Eventos Finais, cap. 20, p.291)

 

Gênesis 6:7

Biblia João Ferreira de Almeida: “E disse o Senhor: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus…”

The Clear Word: “vou ter que destruir as mesmas criaturas que fiz, pessoas, animais e pássaros , incluindo as grandes criaturas que surgiram por cruzamentos.”

Ellen Gould White: Toda espécie de animal que Deus criou foi preservada na arca. As espécies confusas que Deus não criara, resultantes da amálgama, foram destruídas pelo dilúvio. Desde o dilúvio, tem havido amálgama de homem e besta como pode ser visto nas quase infindáveis variedades de espécies animais e em certas raças de homens.” (Ellen G. White, em Spiritual Gifts, Vol. 3, p. 75, 1864)

Aqui vemos como são desonestos teologicamente os Adventistas do Sétimo Dia!

    Imprimir       Email
  • Publicado: 3 semanas atrás em 24 de outubro de 2018
  • Por:
  • Última modificação: outubro 24, 2018 @ 9:17 am
  • Arquivado em: Adventismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *