Carregando...
Você está em:  Home  >  Adventismo  >  Artigo

Alguns erros dos Adventistas

Por   /  15 de setembro de 2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Um povo que cometeu tantos erros como os Adventistas deve, ou deveria ser, muito mais modesto em suas reivindicações, e deveria ver que está sendo conduzidos por homens, não pelo Senhor.

1) Eles marcaram o tempo do fim do mundo para 1843, e falharam.

2) Eles marcaram novamente para 1844, e falharam.

3) O Ancião White, líder dos Adventistas do Sétimo Dia, marcou 1845 para o fim, e novamente falharam.

4) Eles afirmavam, em 1844, que a terra era o santuário. Outro erro, como admitem agora.

5) Todos eles declaravam que em algum tempo depois de 1844 havia terminado a provação dos pecadores – um erro tenebroso (ver Capítulo 8 deste livro).

6) Por dez anos os Adventistas do Sétimo Dia começaram o Sábado às 18:00, em vez de ser no pôr do sol, como agora. Assim eles quebravam o Sábado toda semana!

7) Eles mantiveram suas crianças fora da escola durante anos, porque o tempo era tão curto que elas não precisariam de instrução.

8) Eles deram seus bens em 1844, porque de qualquer forma não precisariam mais deles!

9) Eles não votavam, pois aquilo era ser igual às igrejas caídas. Agora eles votam livremente.

10) Eles diziam ser errado assumir um nome de igreja, pois isto era Babilônia. Agora eles têm um nome.

11) Organização da igreja era errado, pois isto era como Babilônia. Agora eles organizam.

12) Durante anos eles disseram que plantar árvores era negar sua fé, pois elas nunca cresceriam para produzir frutos.

13) Conduzidos por uma revelação da Sra. White, as irmãs usavam uma calça sob a saia (bloomer dresses; http://www.pinterest.com/lcreno/bloomersdress-reform/). Nenhuma delas veste isso agora.

14) Por trinta anos eles não fizeram nenhuma coleta no Sábado. Agora fazem isso toda semana.

15) Por cinquenta anos eles estiveram esperando que o fim do mundo viésse dentro de um período de cinco anos, e ele ainda não veio.

16) Eles disseram que Jesus viria à terra em 1844. Agora eles dizem foi um erro; ele veio para julgar no santuário de cima. Assim: “Os Adventistas de 1844… pensavam que o noivo viria; e então ele veio – não para esta terra, como eles incorretamente supunham, mas para o casamento.” “Eles simplesmente confundiram o tipo da vinda a que se referia.” (U. Smith, em Parable of the Ten Virgens, pág. 13, 14). Ele confessa que:  1. Eles erraram quanto ao tempo em 1843.  2. O lugar errado.  3. O evento errado. Agora deixe-o acrescentar,  4. A coisa toda errada, e ele estará certo!

17) Depois eles disseram que a porta foi fechada (Mt 25.10). Agora eles dizem que isso estava errado; ainda está aberta. Assim: “Não pode existir outro lugar para o fechar da porta que não seja o outono de 1844.” (Ancião White, em Present Truth, maio, 1850). “A porta ainda está aberta, e outros convidados podem vir.” (U. Smith, em Parable of the Ten Virgens, pág. 17, fevereiro, 1889). Estas são as pessoas que sabem que estão sempre acuradamente certas!

18) Certa vez eles adotaram uma rígida dieta vegetariana – nada de carne, de manteiga, apenas duas refeições por dia, etc., mas foi um fracasso. Ela matou muitos e arruinou mais ainda, até que tiveram que modificá-la e viver como as outras pessoas.

Estas são apenas amostras dos numerosos erros que os Adventistas cometeram; e isso eles fizeram com uma profetisa inspirada no comando por quarenta e quatro anos! Estes fatos simples e inegáveis por si só deveriam ser suficientes para abrir os olhos de todos, de modo a ver que o Senhor não os tem guiado em sua obra.

Livro: Adventismo do  Sétimo  Dia Renunciado, REV.  D.  M.  CANRIGHT

    Imprimir       Email
  • Publicado: 1 mês atrás em 15 de setembro de 2018
  • Por:
  • Última modificação: setembro 15, 2018 @ 9:43 am
  • Arquivado em: Adventismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *