Carregando...
Você está em:  Home  >  Espiritimos  >  Artigo

Como os espíritas justificam a doutrina da reencarnação, apesar do texto de hb 9.27?

Por   /  16 de maio de 2014  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

espiritismo

“E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.” Hb 9:27

Os espíritas kardecistas mesmo diante de um texto tão claro, sustentam a possibilidade de várias mortes com várias reencarnações, apontando os casos de ressurreição como a ressurreição da filha de Jairo, do filho da viúva de Naim e de Lázaro. “O que dizer? Se de fato houve essas ressurreições, vale dizer que eles morreram duas vezes! E aí, como ficamos diante da afirmativa citada?”* – E as pessoas que morreram e ressuscitaram, foram julgadas duas vezes? A lógica aqui é – se ao morrer eu sou julgado, como fica então os que morreram duas vezes – eles tiveram dois julgamentos?

Qual a diferença entre a morte de Cristo e a morte dos homens?

A diferença entre a morte de Cristo e todos os demais indivíduos é que a de Cristo foi voluntária João 10:17-18    Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. 18 – Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; Tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai.”, ao passo que para todos os demais seres humanos ela é o “salário do pecado” – Rm 3.23.

Existe mais alguma exceção da doutrina reencarnacionista com as promessas bíblicas para os cristãos?

Sim. Segundo a Bíblia nem todos irão preceder aos que morrem, mas muitos não experimentarão a morte, sendo arrebatados para a glória de Deus I Tessalonicenses 4:15-17 “Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: Que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. 16 – Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; E os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.17 – Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

Isso explicita que o texto bíblico de Hebreus 9:27 tem duas exceções: No caso de pessoas que morreram e foram ressuscitadas e o caso do arrebatamento da igreja – que não irão morrer, pois irão ser transformadas num abrir e fechar de olhos (I Co 15.51) mas em nenhum dos dois casos de exceção existe brecha para a doutrina reencarnacionista.  Toda pessoa que morre fisicamente, sabe que não voltará a viver aqui novamente como afirmam os adeptos do espiritismo. A Bíblia é categórica nesse sentido e afirma que ninguém viverá por duas, três ou mais vezes, mas só uma única vez.

Não há reencarnação, ninguém após a morte volta a viver nesse mundo outra vez em outro corpo qualquer. A vida que Deus deu ao homem é para ser desfrutada neste mundo apenas uma vez. Não se pode confundir ressurreição com reencarnação. Os mortos podem ressuscitar, mas não se reencarnar em outro corpo.

Deus deu uma palavra, e ela será mantida: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo” (hb 9.27). Nossa vida é única e intransferível diante de Deus. Somos responsáveis diretos por todas as decisões e atitudes que tomamos.

Natanael Rinaldi

    Imprimir       Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *