Carregando...
Você está em:  Home  >  Comentário Bíblico  >  Artigo

Como você gasta o seu dinheiro?

Por   /  10 de abril de 2021  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Samuel Johnson (1709-1784), distinto e renomado autor e editor inglês afirmou: “É melhor viver como rico do que morrer rico”.

Se entendi direito, ele estava dizendo que deveríamos usar nossos recursos de maneira sábia e generosa em vez de guardar tudo só para nós.

Essa perspectiva parece bem alinhada com vários versículos da Bíblia repletos de instruções para todos nós.

Juntar riqueza! No Céu ou na terra? “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Mt. 6.19-21).

Fazer amigos que serão encontrados no Céu! Na verdade, todos os recursos à nossa disposição deveriam ser utilizados para encaminharmos ao Céu o maior número possível de pessoas. “E eu vos digo: granjeai amigos com as riquezas da injustiça, para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos” (Lc 16.9).

Não confiar nas riquezas! “Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos” (1Tm 6.17).

Usar o dinheiro para fazer o bem! “Que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente e sejam comunicáveis” (v. 18).

Usar sabiamente os recursos hoje trará uma recompensa celeste no futuro. “Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna” (v. 19).

Ser fiel no muito ou no pouco. “Quem é fiel no mínimo também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo também é injusto no muito. Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras?” (Lc 16.10,11).

Receber é bênção, mas ofertar é “mais bênção”. “Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber” (At 20.35).

(Dr. Shelton Smith)

FONTE: O AMIGÃO DO PASTOR — VOL. 24 – Nº 10 OUT/2014

    Imprimir       Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *