Carregando...
Você está em:  Home  >  Comentário Bíblico  >  Artigo

Existe destino?

Por   /  8 de outubro de 2020  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

EXISTE DESTINO? HÁ PESSOAS DESTINADAS À PERDIÇÃO OU A SALVAÇÃO, BEM COMO A SOFRER DESGRAÇAS OU A SER BEM-SUCEDIDAS?

A Bíblia, nossa única regra de fé e prática, é bem clara ao declarar que não há essa coisa de destino, como ensinam os esotéricos. De forma geral, não podemos falar em destino. Nós não somos fatalistas. Se acontece isso ou aquilo, não sig­nifica que somos vítimas do desti­no. Cremos na vontade permissiva de Deus, como vemos no caso de Jó. Cremos também nas consequências inevitáveis que atingem a vida das pessoas que fogem dos ditames divinos, conforme Roma­nos 1.28. Temos o livre arbítrio e não devemos atribuir a Deus ou ao destino as consequências de nossos atos.

Quanto à salvação, mes­mo havendo diferentes opiniões no que diz res­peito à doutrina da pre­destinação, nenhum evangélico se arvora a afirmar a predestina­ção de ninguém à perdição ou salvação. A salvação é para quem atende ao chamado de Deus (Jo 3-16; 1Tm 4.10 e Ap 22.17).

Um outro ponto a ser obser­vado está na análise do texto bíblico de Hebreus 9.27, onde se declara que o destino das pessoas na Terra se li­mita à morte. A parábola de Jesus sobre o rico e Lázaro, em Lucas 16.19- 31, também prova que não há nenhu­ma oportunidade para se arrepender depois da morte. Nessa parábola, o homem rico morre e vai para o Infer­no (Hades), que a Bíblia descreveu como um lugar de tormento consci­ente. Contrastando com isso, o mendigo Lázaro vai para um lugar de bem- aventurança, o “Seio de Abraão”. Es­ses dois lugares são descritos como separados por um abismo. Tudo aponta para o fato de que nosso des­tino eterno é fixado com a morte, sen­do excluída qualquer possibilidade de arrependimento a posteriori.

Enquanto vivermos, temos a oportunidade de escolher onde pas­saremos a eternidade. Foi isso que o Senhor Jesus Cristo deixou claro quan­do convidou os cansados e oprimi­dos em Mateus 11.28-30. O Senhor também foi bem claro, quando disse: “Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado”. Mc 16.16. É uma questão de escolha sincera.

=============

FRACISCO EURICO – FONTE: REVISTA “RESPOSTA FIEL” ANO 4 – N° 12

    Imprimir       Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *