Carregando...
Você está em:  Home  >  Comentário Bíblico  >  Artigo

Existe o ministério de pastor na Bíblia?

Por   /  10 de agosto de 2019  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Alguns membros de seitas (entre elas os Membros da Congregação Cristã no Brasil – CCB) costumam dizer que em sua organização não existe pastor, pois o único pastor deles é Jesus. Costumam chamar o líder ou dirigente da igreja de “ancião”. A palavra “pastor” tomou um tom pejorativo entre eles. Costumam falar sobre como devemos tomar cuidado com os falsos pastores e como eles enganam as pessoas! Mas se há o falso é notório que há também o verdadeiro. Não podemos desprezar uma nota verdadeira porque no mercado está correndo dinheiro falsificado!

Embora alguns movimentos não aceitem o ministério pastoral, a Bíblia, contudo, é clara sobre o assunto:

“e vos darei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência” (Jr 3.15).

“E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o Senhor” (Jr 23.4).

“E ele (Jesus) deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres” (Ef 4.11).

“Lembrai-vos dos vossos pastores, os quais vos falaram a palavra de Deus, e, atentando para o êxito da sua carreira, imitai-lhes a fé” (Hb 13.7).

“Obedecei a vossos pastores, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil” (Hb 13.17).

Então, diante de tantos textos bíblicos corroborando o ministério pastoral, perguntamos – Como uma igreja que não tem pastor poderá obedecer aos versículos acima? Isto é apenas uma questão de coerência: “Cristãos são ovelhas e ovelhas são submissas a um pastor humano levantado por Cristo” (Leia Ef 4.11; Hb 13.7 e 17). A verdadeira Igreja de Jesus Cristo tem pastor. Assim, a CCB está fora dos parâmetros dessa realidade neotestamentária. Dizem que um homem não pode ser pastor de uma igreja, mas quem afirmou que nos daria pastores, foi o próprio Deus! Desobedecer a isso é afrontar o que Ele determinou; é insurgir contra sua autoridade e Palavra. As alegações da CCB são, no mínimo, infantis e de uma pobreza franciscana! O texto mais usado por eles é João capítulo 10 que diz: “Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem”. Mas mesmo este texto não representa nenhum obstáculo ao ministério pastoral, muito pelo contrário – o confirma. Outro texto muito usado é o Salmo 23 – “O Senhor é o meu pastor” e realmente o Senhor é o Sumo Pastor (I Pe 5.4) e, se há sumo pastor, é claro que há também subpastores ou pastores auxiliares da obra de Jesus. Ora, a Bíblia diz que Jesus é nosso Sumo Sacerdote (Hebreus 8.1), mas também diz que nós somos sacerdotes igualmente (Apocalipse 1.6). Veja que um não exclui o outro, da mesma maneira acontece com o cargo de pastor.

Para encerrar, gostaríamos de fazer a seguinte pergunta: Os anciãos da CCB não apascentam as ovelhas com conselho, instrução e pregações? É claro que sim.  Os anciãos da CCB fazem o papel de pastor, porém sem usar o rótulo. E o próprio Jesus ordenou isso a Pedro: Disse-lhe Jesus: Apascenta as minhas ovelhas”.

    Imprimir       Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *