Carregando...
Você está em:  Home  >  Adventismo  >  Artigo

O que dizem os Adventistas sobre Mateus 17.1-6

Por   /  12 de março de 2019  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

d) Os judeus criam na ressurreição de Moisés. Havia entre eles um livro apócrifo intitulado “Assunção de Moisés”. Crê-se geralmente que Judas 9 é nada menos que uma citação desse livro;

e) A maior prova, porém, é o fato de Moisés aparecer glorificado no monte.

Cita ainda o Sr. Pitrowski 1Cor. 15:20 para concluir que Cristo foi o primeiro a ser ressuscitado. Leiam-se, contudo, estas passagens: I Reis 17:17-22; II Reis 4:32-36; S. Mat. 27:52 e 53; S. Luc. 7:14; S. João 11:43 e 44; Heb. 11:35 além de outras. Mas ressurreição para a glória, a primeira foi a de Moisés” (Subtilezas do Erro, p. 263).

Refutação: Quando se trata de fundamentar algo crido pelos Adventistas, não importa que citem um livro declaradamente apócrifo “Assunção de Moisés”, confundindo a ressurreição com um corpo glorificado que usufruirão os cristãos, por ocasião da vinda de Jesus (Fp. 3.20-21; ICo. 15.51-54), com a ressurreição ocorrida nos dias de Jesus, na qual várias pessoas foram ressuscitadas como apontadas acima. Procuram invalidar a declaração bíblica da ressurreição de Cristo, onde em ICo. 15.20 se diz que ele “foi feito as primícias dos que dormem”. Colocam Moisés como as “primícias” para justificar sua aparição no Monte da Transfiguração, antecedendo assim ao próprio Jesus numa glorificação de que a Bíblia fala ser Jesus o primeiro. E por que? Porque negam que o homem tenha um espírito consciente e inteligente (ICo. 2.11; Zc. 12:1). O corpo é meramente a casa terrestre (IICo. 5.1; Tg. 2.26) na qual o espírito habita. Quando a casa terrestre cai, o espírito volta a Deus (Ec. 12.7; Hb. 12.23). Há vários textos na Bíblia que falam do corpo mortal (Rm. 6.12; 8.11; ICo. 15.51-54), mas não há um só texto que diga que o espírito morre. Registra-se na Bíblia que há espíritos de anjos fiéis, de anjos caídos ou desobedientes, de demônios (Hb. 1.14; IIPe. 2.4; Mc. 5.9-13). Muito se fala deles na Bíblia, porém não se registra na Bíblia a morte de um espírito. Jesus expulsou demônios, mas não matou um só deles, nem se registra que no futuro irão morrer (Mt. 25.41; Ap. 20.10). Em Hb. 12.23 se fala de ‘espíritos dos justos aperfeiçoados’ como entidades conscientes que sobrevivem à morte do corpo. É o caso de Moisés, que embora consciente no céu, ainda aguarda a primeira ressurreição (Ap. 20.5).

Pr Natanael Rinaldi

    Imprimir       Email
  • Publicado: 4 meses atrás em 12 de março de 2019
  • Por:
  • Última modificação: março 12, 2019 @ 8:11 am
  • Arquivado em: Adventismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *