Carregando...
Você está em:  Home  >  Comentário Bíblico  >  Artigo

O que houve com os ressuscitados de Mt 27.52?

Por   /  20 de novembro de 2020  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

O que houve com os santos que ressuscitaram no dia da morte de Jesus?

Que tipo de ressurreição experimentaram aqueles santos que ressuscitaram quando Jesus expirou sobre a cruz (cfr. Mat. 27:51-53)? Pode-se dizer que eles ressuscitaram em ressurreição de vida eterna?

Aqueles santos que ressuscitaram quando Jesus expirou sobre a cruz experimentaram uma ressurreição como a que experimentou Lázaro depois de estar quatro dias na sepultura. Portanto esta ressurreição corporal é diferente daquela para a vida que será experimentada pelos santos na volta de Cristo e que consiste numa transformação do corpo num corpo imortal e incorruptível.

Alguns ensinam, porém que aqueles santos experimentaram uma ressurreição corporal como a que experimentou Jesus Cristo, mas isso não pode ser absolutamente verdadeiro. Demonstro isso fazendo notar uma evidente contradição em que caem aqueles que afirmam coisa semelhante. Mateus diz: “E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras; e abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados; e, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos” (Mt 27.50-53). Nota-se muito bem que antes de tudo os sepulcros se abriram e muitos dos corpos dos santos que dormiam ressuscitaram – QUANDO JESUS MORREU SOBRE A CRUZ. Porque este evento é posto em relação com a sua morte como também o rasgar do véu do templo, o terremoto e o fender das pedras. Assim esses santos ressuscitaram antes de Jesus Cristo porque Jesus ressuscitou três dias depois da sua morte. Ora, se eles tivessem ressuscitado com um corpo imortal isso significaria inequivocamente que Cristo não foi o primeiro homem a ressurgir dentre os mortos com um corpo incorruptível e imortal e, portanto que Ele não é “o primogênito dentre os mortos” (Col. 1.18) ou “as primícias dos que dormem” (I Co 15.20). Como se poderia de fato afirmar que o é, dizendo que esses santos ressuscitaram em ressurreição de vida antes que Jesus ressurgisse dentre os mortos? Fica demonstrado então como é impossível que esses santos tenham experimentado uma ressurreição corporal como a de Cristo e como a que experimentarão os mortos no Senhor na sua vinda. Portanto, o fato desses santos terem ressuscitado antes de Jesus exclui automaticamente que tenham ressuscitado em ressurreição de vida eterna. Como nos demais milagres de ressurreição, eles voltaram a morrer.

Fonte: http://portoghese.lanuovavia.org/portoghese_faq_2_escatologia_06.htm

    Imprimir       Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *