Carregando...
Você está em:  Home  >  Comentário Bíblico  >  Artigo

Quem são os cães que não entrarão no céu?

Por   /  19 de julho de 2019  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira. Ap 22.15

A primeira coisa a se observar é que o contexto que observamos é o fechamento do livro de Apocalipse, onde temos a finalização de toda a obra que Deus fará em Seu juízo final. Nesse contexto há um contraste que, primeiramente, fala sobre aqueles que irão entrar no céu: “Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas” (Apocalipse 22.14). Observe que o autor em nada está falando sobre o estado dos animais no céu, mas sobre as felizes pessoas que foram salvas por Jesus Cristo (Cordeiro sacrificado por elas) e têm agora o direito a entrar na cidade (céu) pelas portas.

Em seguida, o apóstolo João traz uma lista de quem ficará fora dessa cidade. Nessa lista observamos diversas práticas pecaminosas que identificam essas pessoas: “Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira” (Apocalipse 22.15). Com o que sabemos até agora fica claro que “cães” usado aqui não se trata de uma fala sobre animais, mas algum tipo de característica pecaminosa apontada pela palavra “cão” usada de forma figurada. Mas qual seria esse pecado ou característica pecaminosa?

Partimos agora para a análise da palavra usada nos originais em grego. A palavra usada é a palavra grega “kuon”, que significa “cachorro”, mas que, também, é usada de forma figurada para apontar “pessoas de mente impura, de mente sem vergonha, nojenta”. Podemos usar aqui outras traduções da Bíblia para nos ajudar a entender ainda mais o termo. Até aqui estamos usando a tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada (ARA), que traduz “kuon” por “cães”. Vejamos como traduz a Nova Tradução da Linguagem de Hoje (NTLH): “Mas fora da cidade estão os que cometem pecados nojentos, os feiticeiros, os imorais e os assassinos, os que adoram ídolos e os que gostam de mentir por palavras e ações” (Apocalipse 22.15).

Dessa forma, conseguimos então esclarecer que esses cães mencionados em Apocalipse são exatamente pessoas de mente impura, que são guiadas por suas mentes cheias de impureza a cometer pecados nojentos que desagradam profundamente a Deus. Nesse texto Deus deixa claro que em Seu reino todo mal será excluído e toda forma de pecado não entrará no céu, fazendo com que o céu seja um local totalmente livre de qualquer contaminação do pecado. É por isso que a ação de Jesus Cristo na vida do pecador arrependido o purifica de todo pecado, dando a Ele nova mente e novas ações!

Adaptado do site esbocandoideias.com em 18/07/2019

    Imprimir       Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *