Carregando...
Você está em:  Home  >  Catolicismo  >  Artigo

Orações podem ser feitas aos mortos?

Por   /  22 de fevereiro de 2018  /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra. Bendizei ao Senhor, todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais o seu beneplácito. Sl 103.20,21

Os católicos apelam para esse texto buscando argumento para o dogma de orar aos santos mortos.

RESPOSTA APOLOGÉTICA:

Esta não é uma oração para anjos e santos, mas um apelo poético semelhante à doxologia cantada pelos protestantes: “Louvai-o nas alturas, vós hostes celestiais”. Tanto a natureza poética do livro de Salmos, como o seu contexto, indicam que o salmista está simplesmente utilizando um recurso literário como apelo para que toda a criação louve a Deus.

O objetivo dessa passagem é exaltar a Deus. A sua utilização como um texto que prove a doutrina de orar a anjos ou a santos já falecidos é totalmente estranha ao sentido claramente expresso dessa passagem.

A Bíblia fala fortemente contra a prática de orar a quaisquer criaturas, insistindo que Deus sozinho deve ser o objeto de toda a devoção religiosa em oração (Êx. 20.2-4; Dt. 6.13-16). Inquestionavelmente, não existe nas Escrituras nem um exemplo sequer de oração que seja dirigida a alguém, a não ser a Deus.

————————–

Fonte: Resposta Às Seitas, Norman L. Geisler e Ron Rhodes, CPAD, 2000 – Texto compilado e adaptado pelo Pr. Edison Miranda da Silva. Bíblia Apologética, ICP, 2000.

    Imprimir       Email
  • Publicado: 7 meses atrás em 22 de fevereiro de 2018
  • Por:
  • Última modificação: fevereiro 22, 2018 @ 2:08 pm
  • Arquivado em: Catolicismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *